AMLT A criar uma criptoeconomia mais segura

Mais

Estreia aconteceu: 2018-11-20

AMLT é um token baseado no protocolo ERC20, e a sua finalidade é criar uma base mais segura e transparente para a criptoeconomia, permitindo aos utilizadores da rede identificar potenciais riscos para outros.

Site oficial do AMLT


AMLT foi criada pela Coinfirm. Desenvolvimento do token começou em 2017 e um ano mais tarde, a 25 de setembro, foi criada a rede AMLT versão BETA. Esta rede cria um sistema graças ao qual utilizadores de todo o mundo podem reportar endereços de criptomoedas relacionados com actividades ilegais e ser recompensados por isso. No primeiro mês de existência da rede, centenas de endereços de criptomoedas suspeitos foram reportados.

Token AMLT foi criado não só por instituições relacionadas com a rede blockchain – os criadores querem que esta seja usada por empresas dos sectores mais tradicionais, por exemplo – bancos e empresas comerciais.

O CEO da empresa responsável por criar a AMLT é Paweł Kuskowski - um famoso conselheiro e especialista no ramo de AML (anti-money laundering – anti lavagem de dinheiro). A equipa AMLT tem profundo conhecimento e experiência no ramo desde AML a segurança no sector de TI.

O projecto AMLT está em constante evolução e os criadores constantemente a trabalhar para o melhorar. AMLT Roadmap inclui o uso da função Smart Contract, que automatiza a distribuição de tokens, ou permitindo ao risco estimado ser guardado numa rede blockchain.

O número máximo deste token é 400,000,000 AMLT, e a capitalização no mês de novembro de 2018 é 1 105 069 USD.